https://www.humaniamor.com.br

Terapia holística e o SUS: conheça as práticas integrativas pelo Sistema Único de Saúde

Você sabia que atualmente o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece uma variedade de terapias holísticas e alternativas para a população brasileira? Essas práticas integrativas em saúde têm se destacado como uma abordagem complementar no tratamento e na prevenção de doenças.

A parceria das Terapia Holística e o SUS representa um importante passo em direção a uma abordagem mais abrangente e holística da saúde, considerando não apenas o tratamento de doenças, mas também a promoção do bem-estar e da qualidade de vida.

Neste artigo, você vai saber mais sobre quais terapias holísticas estão disponíveis pelo SUS e como acessá-las. Aproveite!

O crescimento das práticas integrativas em saúde

A parceria entre Terapia Holística e o SUS vem se tornando uma grande aliada para o bem-estar da população em geral. O crescimento das práticas integrativas em saúde no Brasil é um fenômeno que reflete uma mudança significativa na abordagem à saúde.

A percepção da saúde evoluiu para além do enfoque tradicional centrado na medicina convencional. Cada vez mais, as pessoas reconhecem a importância de considerar não apenas o tratamento de doenças, mas também a promoção do bem-estar físico, mental e emocional.

Terapias como a acupuntura, a homeopatia e a fitoterapia têm demonstrado benefícios concretos no tratamento de diversas condições de saúde, ganhando a confiança de pacientes e profissionais da saúde.

A inclusão progressiva das terapias holísticas no SUS também desempenha um papel fundamental nesse cenário. Isso significa que um número cada vez maior de brasileiros tem acesso a tratamentos complementares e alternativos sem custos adicionais, tornando a saúde mais acessível e democrática.

Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS)

As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) são terapias preventivas e de recuperação da saúde, enfatizando a escuta, o vínculo terapêutico e a integração com o meio ambiente e sociedade, institucionalizadas pelo SUS.

As PICS se baseiam em conhecimentos tradicionais para prevenir doenças e atuar como recurso auxiliar nos tratamentos. O SUS oferta mais de 20 procedimentos de PICS de forma integral e gratuita. Essas práticas são oferecidas desde o setor de Atenção Básica, que é a porta de entrada para o SUS.

Dentro do Sistema Único de Saúde (SUS), o Brasil tem ampliado progressivamente a oferta de terapias holísticas e complementares, abraçando uma abordagem mais completa da saúde.

Terapias integrativas previstas pelo SUS

Atualmente, o SUS prevê as seguintes terapias integrativas como parte de tratamentos de saúde holística:

Acupuntura:

Técnica milenar chinesa que utiliza agulhas finas para estimular pontos específicos do corpo, promovendo o equilíbrio energético e aliviando diversos sintomas.

Antroposofia:

Abordagem holística que considera o ser humano como um todo, integrando corpo, alma e espírito. Utiliza medicamentos naturais, terapias artísticas e outras práticas para promover saúde e bem-estar.

Apiterapia:

Uso de produtos apícolas (mel, própolis, pólen, etc.) para fins terapêuticos, com propriedades anti-inflamatórias, antimicrobianas e imunomoduladoras.

Aromaterapia:

Emprego de óleos essenciais extraídos de plantas para promover saúde física, mental e emocional, através da inalação ou aplicação tópica.

Conheça os benefícios da Aromaterapia para Menopausa

Arteterapia:

Uso da arte como ferramenta terapêutica para promover autoexpressão, comunicação e desenvolvimento pessoal, utilizando diferentes técnicas como pintura, desenho, modelagem e outras.

Ayurveda:

Sistema médico tradicional indiano que busca o equilíbrio dos doshas (energias vitais). A terapia indiana é uma prática que envolve técnicas como yoga, meditação, massagem, entre outras. O objetivo é tratar diversos problemas emocionais, mentais e físicos.

Biodança:

Dança vivencial que utiliza música, movimento e expressão corporal para estimular a integração biopsicossocial e promover saúde e bem-estar.

Bioenergética:

Terapia que trabalha com a energia do corpo humano para desbloquear tensões musculares e emocionais, utilizando exercícios e técnicas respiratórias.

Constelação familiar:

Abordagem terapêutica que busca identificar e resolver conflitos familiares através da recriação de dinâmicas familiares com representantes.

Cromoterapia:

Uso de cores para promover equilíbrio energético e bem-estar físico e emocional, através da exposição à luz colorida ou aplicação de filtros coloridos.

Dança circular:

Dança em grupo que utiliza movimentos circulares e repetitivos para promover integração social, conexão com o corpo e a natureza, e expressão da alegria.

Fitoterapia:

Uso de plantas medicinais para tratar diversas doenças e promover saúde e bem-estar, através de chás, tinturas, cápsulas e outras formas de administração.

Geoterapia:

Uso de argilas e outros elementos da terra para fins terapêuticos, com propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes e remineralizantes.

Hipnoterapia:

Técnica que utiliza o estado de transe hipnótico para acessar o subconsciente e promover mudanças comportamentais, aliviar traumas e melhorar o autoconhecimento.

Homeopatia:

A homeopatia é um sistema terapêutico que utiliza medicamentos diluídos e dinamizados para estimular a capacidade natural do corpo de se curar.

Imposição de mãos:

Prática terapêutica que consiste na canalização de energia através das mãos para promover cura e bem-estar físico e emocional.

Meditação:

A meditação é uma prática que visa acalmar a mente e promover o autoconhecimento, através da concentração da atenção no momento presente e na respiração.

Musicoterapia:

Uso da música como ferramenta terapêutica para promover relaxamento, estimular a comunicação e expressão emocional, e melhorar a qualidade de vida.

Naturopatia:

Abordagem terapêutica que utiliza recursos naturais como plantas medicinais, alimentação saudável e outras práticas para promover saúde e bem-estar.

Osteopatia:

Terapia manual que visa o equilíbrio do sistema musculoesquelético e a melhora da postura, através de técnicas de manipulação e mobilização articular.

Ozonioterapia:

Uso do gás ozônio para fins terapêuticos, com propriedades antimicrobianas, anti-inflamatórias e cicatrizantes.

Quiropraxia:

Terapia manual que visa o alinhamento da coluna vertebral e a melhora da função nervosa, através de técnicas de manipulação articular.

Reflexologia:

Técnica que estimula pontos específicos nos pés, pernas, mãos, rosto ou orelhas que correspondem a diferentes órgãos e sistemas do corpo, promovendo o equilíbrio energético e a saúde geral.

Reiki:

Prática terapêutica que utiliza a canalização de energia através das mãos para promover cura e bem-estar físico e emocional.

Shantala:

Massagem indiana para bebês que utiliza movimentos suaves e ritmados para promover relaxamento, bem-estar e desenvolvimento

Como acessar tratamentos holísticos pelo SUS

O acesso aos tratamentos holísticos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é um direito assegurado a todos os cidadãos brasileiros. Para usufruir  das PICS de forma gratuita, é importante compreender como o processo de acesso funciona:

  1. O primeiro passo é agendar uma consulta médica na unidade básica de saúde.
  2. Nessa ocasião, o médico irá avaliar sua condição de saúde e determinar a adequação das terapias holísticas.
  3. Se recomendado, o médico fornecerá um encaminhamento para um profissional de terapia holística.
  4. Com o encaminhamento, você pode agendar as sessões de terapia holística.
  5. Durante o tratamento holístico, mantenha o acompanhamento médico regular.
  6. Comunique-se com os profissionais de saúde e participe ativamente do processo de tratamento.
  7. Por fim, aproveite as oportunidades para aprender sobre prevenção e saúde durante o tratamento.

Um Avanço para o Bem-Estar

A inclusão das terapias holísticas no SUS representa um avanço significativo na abordagem da saúde no Brasil, oferecendo à população uma ampla variedade de opções terapêuticas. Isso reforça a importância de considerar abordagens integrativas que promovam o bem-estar físico e emocional, contribuindo para uma sociedade mais saudável e equilibrada.

Cada vez mais pessoas vêm recorrendo à terapia holística e natural, complementar e integrativa para prevenir e tratar desarmonias, dores e da alma. Elas são reconhecidas e recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e oferecidas até mesmo pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Terapia Holística e o SUS no Brasil

O Brasil é pioneiro na utilização de terapia holística na oferta de cuidado com a saúde. Esse debate começou lá na década de 80, quando o modelo de saúde vigente era questionado: por que só a medicina convencional era válida? Surge então uma nova cultura de saúde que valorizaria conhecimentos tradicionais também capazes de promover cuidado, bem-estar e saúde.

Cenário Profissional

O que isso nos diz? Esse cenário mostra que nós terapeutas holísticos estamos no caminho certo! Nossa luta na busca por reconhecimento da qualidade do nosso trabalho vem mostrando êxito! A ciência ter nos reconhecido foi nosso maior passo até agora, e com isso, mais pessoas acreditam na nossa atuação e buscam por nossos cuidados!

Quer se tornar um Terapeuta Holístico? Conheça nossos cursos e aprenda terapias holísticas com especialistas e abra portas para uma carreira de cuidado e equilíbrio.

Acesse o site da HumaniAmor e confira o nosso curso de Terapeuta integrativo e holístico e cresça profissionalmente, levando o bem-estar ao próximo!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Loading...